Treze coisas sobre o Windows 10 S

Conheça as principais vantagens do Windows 10 S e as diferenças para o Windows 10 tradicional.

Windows 10 S é o novo sistema operacional da Microsoft lançado na última terça-feira (2), voltado para alunos de escolas e universidades. Diversos detalhes tornam o software diferente do Windows 10 tradicional: não é permitido, por exemplo, fazer download de programas para desktop como os de extensão ”.exe”, somente aplicativos oficiais. O Windows 10 S também é mais leve quando comparado à versão comum e é destinado a computadores de baixo custo, o que o torna um rival do Chromebook — notebooks baratos que rodam o Chrome OS, do Google. Veja agora 13 curiosidades sobre o Windows 10 S.

Windows 10 S é restrito a apps da loja oficial (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Windows 10 S é restrito a apps da loja oficial (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular

1. Só roda apps da loja oficial

A principal diferença entre o Windows 10 S e o Windows 10 convencional é a quantidade de programas para instalar. A nova versão é restrita a apps da Windows Store e não permite o download de opções famosas como o Photoshop e até o Google Chrome — limitando ao Microsoft Edge. Aplicações de extensão .exe, .msi e outras instaláveis no PC comum são bloqueadas no sistema.

2. Mais seguro

Windows 10 S é mais seguro para estudantes (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Windows 10 S é mais seguro para estudantes (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Como consequência direta da restrição de apps externos, o Windows 10 S é mais seguro. A loja da Microsoft é como a App Store ou o Google Play: programas passam por um crivo antes do download, evitando itens contaminados com vírus. No Windows 10 S é mais difícil ser infectado com grande parte dos malwares que se espalham por programas maliciosos. E, mesmo que algo perigoso seja obtido pela loja, o sistema é inteligente o suficiente para proteger o resto do computador.

3. Login rápido

Com menos processos rodando em segundo plano, o Windows 10 S promete ser mais rápido. No login, o ganho de velocidade resulta em 15 segundos a menos de espera para começar a usar o PC depois de ligar. O tempo de carregamento após a suspensão, por exemplo, promete ser de apenas cinco segundos. O intervalo ainda é maior que o dos Chromebooks. Menor, apenas, que no Windows 10.

4. Adeus, Google

Além de programas de fora da loja, o Windows 10 S é bloqueado para qualquer serviço que não seja da própria Microsoft. As buscas, por exemplo, só podem ser feitas pelo Bing, seja na busca interna do sistema operacional ou por meio do navegador Microsoft Edge. Já pensou em viver sem usar o Google.com?

5. Navegação só com o Microsoft Edge

O Microsoft Edge é o navegador padrão e o único permitido no Windows 10 S. Não há Chrome, Firefox ou Opera para instalar, então o usuário deve se contentar com um browser que ainda engatinha em termos de extensões e compatibilidade com sites. A vantagem, diz a Microsoft, é o desempenho de bateria. Mesmo no Windows 10 completo, o Microsoft Edge é o que consome menos energia em comparação com a concorrência, segundo a própria fabricante do Windows.

6. Maior autonomia da bateria

Notebooks com Windows 10 S prometem bateria de longa duração (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))Notebooks com Windows 10 S prometem bateria de longa duração (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Notebooks com Windows 10 S prometem bateria de longa duração (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

A mesma ausência de muitos processos rodando no sistema ao mesmo tempo faz de máquinas com o Windows 10 S durarem mais tempo longe da tomada. O Surface Book, notebook avançado da Microsoft lançado junto ao Windows 10 S, consegue durar até 14,5 horas com uma única carga. A ideia, de acordo com a empresa, é fazer o usuário não se preocupar com um carregador ao sair de casa.

7. Parecido com o Windows 10 Pro

Mesmo que seja uma versão com limitações, o Windows 10 S tem mais semelhanças com o Windows 10 Pro do que com o mais simples Windows 10 Home. A Microsoft adicionou no novo sistema tecnologias como controle remoto de acesso e outros recursos exclusivos do Windows mais caro e avançado. A justificativa é simples: essas funções são essenciais para instituições de ensino e corporações manterem o controle de notebooks escolares nas suas salas de aula.

8. Word, Excel e PowerPoint grátis

Uma das principais vantagens do Windows 10 S em comparação com o Windows 10 é a oferta gratuita do Microsoft Office 365 Education. Usuários do sistema mais leve para escolas poderão acessar sem custos programas como Microsoft Word, Microsoft Excel e Microsoft PowerPoint, enquanto a maioria dos usuários comuns é obrigada a comprar o pacote separadamente — aumentando o custo.

9. O preço

Apesar do Windows 10 ter chegado como atualização gratuita, hoje só pode ser baixado mediante compra online — ou se já vier pré-instalado no notebook ou desktop, com custo do software embutido. O Windows 10 S, por outro lado, será oferecido a escolas e fabricantes de computadores parceiros gratuitamente.

10. Feito para notebooks baratos

Windows 10 S promete rapidez em notebooks simples (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))Windows 10 S promete rapidez em notebooks simples (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Windows 10 S promete rapidez em notebooks simples (Foto: (Foto: Divulgação/Microsoft))

Assim como o Chrome OS, do Google, a ideia da Microsoft é colocar o Windows 10 S em notebooks que caibam no bolso de estudantes. Os primeiros modelos fabricados por Dell, HP, Samsung, Asus e Acercustam a partir de US$ 189 (cerca de R$ 600). A Microsoft, porém, aposta no caríssimo Surface Book, por US$ 999.

11. Pode funcionar em qualquer PC

Apesar de ser destinado aos novos computadores de baixo custo que ainda não se popularizam, o Windows 10 S é compatível com qualquer outro computador. A regra é: se um PC pode rodar o Windows 10, também é capaz de funcionar com a versão 10 S. No entanto, ainda não está claro se a Microsoft vai oferecer um instalador de livre acesso para todos como acontece com outras versões.

12. Pode fazer upgrade

Se um usuário comprar um computador com o Windows 10 S e se arrepender porque precisa instalar um programa desktop como o Photoshop, não tem problema. Segundo a Microsoft, será possível fazer o upgrade automático para o Windows 10 Pro facilmente, via compra online — ou com desconto de estudante.

13. É igual ao Chrome OS?

A proposta dos sistemas operacionais é parecida: oferecer um software leve e barato para computadores de baixo custo e com configuração modesta. No Windows 10 S, só é possível instalar apps da loja, assim como no Chrome OS. Entretanto, a Microsoft parece sair na frente no trabalho offline, já que não requer conexão sempre ativa para a maioria dos recursos. Os Chromebooks ainda precisam de Internet quase o tempo todo, a não ser que o modelo já venha com apps Android. O comparativo de hardware se mostra necessário, nos dois casos.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta ou comentário

%d blogueiros gostam disto: