Trabalhando e manipulando sessão no PHP

Trabalhando e manipulando sessão no PHP

Aprenda a usar sessão no PHP de forma prática é fácil para aplica-la em suas aplicações web

Quando desenvolvemos aplicações para web uma funcionalidade imprescindível a qual praticamente sempre temos que desenvolver é a autenticação de usuário, onde essa autenticação garante que cada usuário de nosso sistema só acesse aquilo que lhe é permitido e nada mais, também possibilitando que possamos saber tudo o que foi feito pelo usuário logado dentro de nosso sistema.

Assim como também ajudando a garantir uns dos requisitos mais essenciais para qualquer sistema computacional, que é a segurança dele, de tal forma que não possibilite que usuários sem autorização acessem o mesmo, o que poderia comprometer os dados do sistema e vir a causar prejuízos graves tanto para o cliente quanto para a empresa que criou o sistema.

Então para que possamos implementar funcionalidades tais como essa citada anteriormente, o PHP nos fornece o recurso de sessão que permite que nos possamos gravar determinados dados em uma página e recupera-los em outra página de forma segura e sem perda de dados. Utilizando um id único de identificação da sessão que é criado quando a sessão é iniciada, assim esse id é propagado entre as requisições do sistema, que pode ser por URL ou Cookies do navegador, garantido que os dados da sessão possam ser recuperado.

Iniciando uma sessão

Para que possamos começar a usar sessões em nossa aplicação, primeiramente é imprescindível que façamos sua inicialização. Para fazermos isso precisamos usar a função session_start(), que irá iniciar uma nova sessão, onde essa sessão terá um id único que é gerado junto com a inicialização da sessão. Para ilustrar sua utilização vejamos o seguinte exemplo:

<?php
session_start();//Uma nova sessão de usuário é iniciada.

No momento em que vamos iniciar uma sessão no PHP sempre temos que levar em consideração alguns cuidados. Como ter certeza que uma outra sessão não já tenha sido aberta no mesmo script anteriormente ou em outros scripts que foram incluídos no atual. Podemos verificar se uma sessão não já está aberta da seguinte forma:

<?php
if (!isset($_SESSION)) {//Verificar se a sessão não já está aberta.
  session_start();
}

A partir da versão 5.4 o PHP fornece a seguinte função session_status(), a qual possibilita que nós possamos fazer essa verificação de forma mais consistente e segura, pois simplesmente poderíamos criar a variável $_SESSION, assim a condição do exemplo anterior !isset($_SESSION) retornaria false, de forma a não iniciar a sessão, certamente causando erros na continuação do script. Essa função nos retorna três valores possíveis como podemos ver na imagem a seguir:

Valores retornados para função session_status.

Agora que já sabemos como essa função basicamente funciona, vamos ver a seguir um exemplo com sua utilização:

<?php
if (session_status() !== PHP_SESSION_ACTIVE) {//Verificar se a sessão não já está aberta.
  session_start();
}

Outro ponto muito importante que devemos levar em consideração ao iniciar uma sessão, é garantir que nenhuma saída seja feita ao browser antes da chamada da função session_start(), pois caso isso ocorra um erro será retornado na execução do script. Como por exemplo:

<?php
echo 'Uma saída de texto qualquer.';
session_start();

Ao executar esse script um erro será retornado e a sessão de usuário não será aberta, assim comprometendo a execução correta do script.

Gravando valores na sessão

Agora que nossa sessão já se encontra aberta, nos podemos gravar valores nela, de tal forma a poder recuperar-los futuramente em outras páginas da aplicação web. Assim vamos ver como é fácil gravar um valor dentro de nossa sessão a partir da super global $_SESSION, que nada mais é do que um Array de dados. Vejamos a seguir um exemplo de como podemos fazer isso:

<?php
//Iniciando a sessão:
if (session_status() !== PHP_SESSION_ACTIVE) {
  session_start();
}//Gravando valores dentro da sessão aberta:
$_SESSION['nome_usuario'] = 'Yure Pereira';
$_SESSION['nome_login'] = 'yure_pereira';

Recuperando valores na sessão

Posteriormente a gravação de valores a uma sessão, facilmente podemos recuperar esses valores gravados. Para isso simplesmente acessando os valores dentro da super global $_SESSION de forma como fazemos quando usamos Arrays, pois como já foi mencionado antes uma sessão no PHP é manipulada como um Array. Agora vejamos um exemplo prático de como podemos acessar valores em uma sessão:

<?php
//Iniciando a sessão:
if (session_status() !== PHP_SESSION_ACTIVE) {
  session_start();
}//Acessando valores dentro de uma sessão:
echo $_SESSION['nome_usuario'];
echo $_SESSION['nome_login'];

Como podemos ver no exemplo anterior, acessar valores definidos dentro de uma sessão é algo bem simples de se fazer, porém ao fazemos isso temos que ter certeza que a sessão em nossa requisição atual esteja aberta. Pois caso não esteja um erro será emitido, isso porque para o PHP estaremos tentando acessar uma variável indefinida.

Deletando valores na sessão

Agora que já sabemos como criar e acessar valores dentro de uma sessão, vamos ver como podemos deleta-los. Para isso iremos usar a função unset do PHP que nos permiti deletar variáveis. Sendo assim vamos ver como podemos deletar variáveis dentro da super global $_SESSION utilizando essa função:

<?php
//Iniciando a sessão:
if (session_status() !== PHP_SESSION_ACTIVE) {
  session_start();
}//Deletando uma sessão:
unset($_SESSION['nome_usuario']);

Limpando todos os dados de uma sessão

Em determinadas ocasiões pode vir a ocorrer à situação onde precisaremos apagar todos os dados que estiverem gravados em uma sessão, então para que possamos fazer isso o PHP nos fornece a função session_unset(), que irá apagar todos os dados da sessão atual, porém é muito importante ressaltar que posteriormente a utilização dessa função a sessão ainda estará ativa, assim podendo gravar outros dados nela. A seguir podemos ver um exemplo de sua utilização:

<?php
//Iniciando a sessão:
if (session_status() !== PHP_SESSION_ACTIVE) {
  session_start();
}//Apagando todos os dados de uma sessão:
session_unset();

Destruindo uma sessão

Da mesma forma em que em determinadas ocasiões pode ocorrer de precisamos apagar todos os dados de uma sessão, também pode ocorrer de precisamos destruir uma sessão, e para isso podemos usar a função session_destroy(), porém é bom ressaltar que essa função não irá limpar os dados da super global $_SESSION da requisição atual. Ou seja, após a utilização dessa função os dados que estavam na super global $_SESSION ainda estarão acessíveis, contudo, isso somente na requisição atual, assim quando for realizada outra requisição ao servidor os dados não existiram mais. Agora vejamos um exemplo para entender melhor seu uso:

<?php
//Iniciando a sessão:
if (session_status() !== PHP_SESSION_ACTIVE) {
  session_start();
}//Definindo valores na sessão:
$_SESSION['nome_usuario'] = 'Yure Pereira';
$_SESSION['nome_login'] = 'yure_pereira';//Destruindo a sessão:
session_destroy();//Mostrando os dados da sessão destruida:
print_r($_SESSION);

Após a execução desse script poderemos ver que a sessão será destruída, contudo, na super global $_SESSION ainda estará contido as duas variáveis as quais foram definidas na sessão. O resultado do script será o seguinte:

Array
( [nome_usuario] => Yure Pereira [nome_login] => yure_pereira
)

Então quando formos destruir uma sessão é uma boa prático que façamos uma limpeza nela antes de destruí-la, isso utilizando a função session_unset(), como podemos ver no seguinte exemplo:

<?php
//Iniciando a sessão:
if (session_status() !== PHP_SESSION_ACTIVE) {
  session_start();
}//Definindo valores na sessão:
$_SESSION['nome_usuario'] = 'Yure Pereira';
$_SESSION['nome_login'] = 'yure_pereira';//Apagando todos os dados da sessão:
session_unset();//Destruindo a sessão:
session_destroy();//Mostrando os dados da sessão destruida:
print_r($_SESSION);

É bom ressaltar que devemos usar a função session_unset() sempre anteriormente a utilização da função session_destroy(), pois se fizemos o contrário a função session_unset() não resultará em nenhum efeito, isso porque não terá nenhuma sessão aberta, assim não terá o que a função session_unset() apagar.

Definindo o tempo de vida de uma sessão

Quando manipulamos sessão em certas ocasiões precisamos definir um tempo de vida para que ela expire, isso, por exemplo, quando implementamos autenticação de usuário, onde em certo tempo de inatividade do sistema, o mesmo deverá fazer logout (sair) da autenticação automaticamente.

Então para que possamos definir um tempo de vida para nossa sessão o PHP nos fornece a função session_cache_expire(), que podemos usar de duas formas, a primeira é quando à chamamos sem passar nenhum parâmetro, assim ela nos retornará o prazo de cache (tempo de vida) atual que está definido nela, que normalmente por padrão é 180 minutos.

Onde também podemos alterar esse valor padrão por um valor a nossa escolha modificando o arquivo php.ini, alterando a variável session.cache_expire para o valor a qual nós queremos.

A segunda forma que podemos usar essa função é passando um valor a ela por parâmetro, a qual esse valor deverá ser um valor numérico inteiro, onde ele será usado para definir o novo prazo para a cache da sessão expirar. Porém ao usamos essa função, devemos usa-la antes da chamada da função session_start(), pois, caso isso não ocorra o prazo da nova sessão iniciada será o valor a qual estava definido nela anteriormente. Agora vejamos um exemplo de sua utilização:

<?php
//Iniciando a sessão:
if (session_status() !== PHP_SESSION_ACTIVE) {  //Definindo o prazo para a cache expirar em 60 minutos.
  session_cache_expire(60);
  session_start();}

Obtendo o id de uma sessão

O PHP também nos possibilita que possamos obter o id que é único de uma sessão iniciada utilizando a função session_id(). Certamente é algo que não é muito necessário para a maioria dos desenvolvedores, mas em certas ocasiões pode vir a ser muito útil, por exemplo, caso precisarmos tentar recuperar sessões anteriores a nossa. Um exemplo simples de sua utilização é a seguinte:

<?php
//Iniciando a sessão:
if (session_status() !== PHP_SESSION_ACTIVE) {
  session_start();
}//Obtendo o id da sessão iniciada:
$idSession = session_id();

Conclusão

No decorrer do artigo vimos como podemos manipular uma sessão de usuário de forma bem simples, desde sua inicialização á limpeza de todos os dados gravados em si e até sua destruição total.

Vimos como podemos adicionar, exibir, alterar e deletar variáveis dentro de uma sessão utilizando a super global $_SESSION, onde vimos que essa super global é simplesmente um Array, possibilitando que possamos aproveitar todas as funcionalidades de manipulação de Arrays que o PHP nos fornece.

Também foi mostrando como podemos definir o tempo de vida de nossa sessão, algo que é muito útil quando, por exemplo, estamos implementando um sistema de autenticação de usuário. A para finalizar vimos como podemos obter o id de uma sessão, onde em certas ocasiões podemos usa-lo.

Para finalizar é bom ressaltar que para nós desenvolveres é muito importante que tenhamos o conhecimento da manipulação de sessão no PHP, pois é um recurso que pode nós ajudar muito na resolução de certos problemas, as quais podem vir a aparecer em nosso dia a dia.

Tags: php, session

Related posts

Leave a Reply