Se o FBI pode fechar sites, para que serviriam as leis antipirataria?

Internautas consideram ação contra o Megaupload uma represália contra o adiamento do SOPA. Governo nega relação entre as duas coisas.

 (Fonte da imagem: Aurich Lawson / ArsTechnica)

Instantes depois do anúncio do fechamento do site Megaupload, milhares de manifestações na web classificavam a ação como uma represália ao adiamento da votação do SOPA, projeto de lei norte-americano que estava em trâmite no Senado.

Apesar da aparente relação, os órgãos governamentais negam o fato. O caso do Megaupload possui alguns agravantes além das denúncias de violação de direitos autorais — seus proprietários são acusados de lavagem de dinheiro e enriquecimento ilícito.

Coincidência ou não, o fato é que o fechamento do Megaupload teve repercussão direta entre os sites de compartilhamento de arquivos. Temendo ações judiciais, diversos deles estão deletando arquivos, suspendendo contas com conteúdo ilegal ou ainda bloqueando IPs.

Assim, mesmo com o SOPA sendo adiado, muitos internautas se perguntam: que diferença fez o protesto de gigantes como a Google e a Wikipédia se, na prática, o governo federal pode, da maneira que bem entender, fazer valer as suas vontades?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*